Inicio > Mis eListas > lea > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 2611 al 2640 
AsuntoAutor
CONFERENCIA MUNDIA Jorge Hi
"Management proced Andrei J
Eliminar de la lis Luisa Vi
documento juridico FRANCISC
Ante el simplismo. F. Eduar
Boletin de COP 8 s Jorge Hi
RE: Ante el simpli interfaz
Pinceladas de los Eukarys
FALLA DE SEGURIDAD Julio Ce
Sobre el Golfo de Jorge Hi
Re: Carta al Coman Jorge Hi
Boletin de COP 8 s Jorge Hi
¿Adelanta Chavez p Jorge Hi
V Congreso Venezo Jaime E.
presentaciön. Enrique
DENUNCIA ETNOCIDIO francisc
DENUNCIA ETNOCIDIO francisc
GASOLINA SIN PLOMO Julio Ce
Boletín 14 - porta Jorge Hi
Trasgenicos de ayu F. Eduar
Boletin de COP 8 s Jorge Hi
Hundimiento del «P Lucas Ri
Boletin de COP 8 s Jorge Hi
CENTRO MUNDIAL PAR Julio Ce
Indígenas abandona Jorge Hi
Riesgos Petroleros Jorge Hi
Depredadores mayor F. Eduar
Fe de erratas/Ries Jorge Hi
Re: CENTRO MUNDIAL Eukarys
Riegos petroleros Jorge Hi
 << 30 ant. | 30 sig. >>
 
Lista Ecologia y Ambiente - VZLA
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 3104     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:[LEA-Venezuela] Solidariedade ao povo Venezuelano. Difundir
Fecha:Lunes, 9 de Diciembre, 2002  20:27:07 (-0400)
Autor:interfaz <interfaz @.....net>

----- Original Message ----- 
From: joycerica <joycerica@...>
To: <interfaz@...>; <metaran@...>
Sent: Monday, December 09, 2002 5:59 PM
Subject: En: Solidariedade ao povo Venezuelano. Difundir


      Caros companheiros,

      Recebi este e-mail hoje. Achei interessante,por 
isso estou enviando para vocês !

      Um abraço: Érica Joyce.


----- Original Message ----- 
From: astedile 
To: mailto:Undisclosed-Recipient:@... 
Sent: Saturday, December 07, 2002 9:35 PM
Subject: Fw: Solidariedade ao povo Venezuelano. Difundir




 
São paulo, 6 de dezembro de 2002.
 
 
 
Ao Povo Venezuelano,
nesses momentos tão dificeis.
 
 
Nós do Movimento dos ttrabalhadores rurais sem Terra, (MST) do Brasil,
temos acompanhado com muita atenção e apreensão os últimos acontecimentos
políticos de vosso país.
Estes acontecimentos evidenciam a incapacidade das elites venezuelanas em
aceitar mudanças sociais, políticas e economicas- por pequenas que sejam -
em beneficio dos pobres e dos excluidos.  Querem manter a qualquer preço
seus privilégios.   Para manter esses privilégios, não hesitam  em usar
todos os instrumentos que possuem, na tentativa de destituir um governo
legitimamente escolhido pela imensa maioria do povo.  Nunca em toda
historia da Venezuela  um governo consultou a través de plebiscitos e
eleições, tantas vezes ao povo.   Mas essa elite, que se diz democrata,
frente a possibilidades de mudanças  não hesita em desrespeitar a
constituição, manipular inescrupulosamente as informações através do
monopolio que detem dos meios de comunicação, utilizar falsas organizações
de trabalhadores, provocar o sacrificio de vidas humanas e buscar a todo
custo um golpe de estado.
 
Por outro lado, todos nós da America Latina estamos percebendo a ingerencia
do império Estadunidense, através do governo Bush e dos interesses das
empresas petroleiras, que querem controlar a qualquer custo o acesso ao
petroleo venezuelano, que abastece em 25% o mercado dos Estados Unidos.   A
história de nosso continente está repleta de exemplos e tragédias
resultantes da politica imperial dos Governos dos Estados Unidos para
manter os interesses economicos de suas corporações. Golpes de estado,
imposição de ditaduras militares, atentados,prisões, assassinatos de
lideranças e até de Presidentes como aconteceu com Salvador Allende,
Torrijos..   E nos últimos anos se tem intensificado inclusive a instalação
de novas bases militares em nosso continente, como em Arruba, Curaçao,
Equador, Bolivia, e realização operações militares de amedrontamento, no
Paraguay, Argentina, Colombia e Porto Rico. No Plano estrategico e
economico, tentam nos impor a qualquer preço a ALCA, que é na verdade um
plano para controlar todfo continente para atuação livre de suas empresas. 
Estamos cansados da política do " america para os americanos.. do Norte!"
 
Por isso, os recentes acontecimentos da Venezuela, demonstram claramente a
ingerencia visivel do governo Estadunidense.    E usam o exemplo da 
Venezuela para dar um recado ao povo latino-americano que nas últimas
eleições da Bolivia, Brasil e Equador, tem votado contra o neoliberalismo,
contra os interesses das multinacionais Estadunidenses, contra a ALCA!     
Aqui mesmo, no Brasil, nas ultimas eleições o candidato das elites, ameaçou
de que se Lula ganhasse as eleições o país viraria uma Venezuela.!!
 
Em abril passado o golpe militar  somente fracassou porque o povo da
Venezuela reagiu a tempo e impos um derrota histórica a esses interesses.  
Por isso, nesse momento de mais uma tentativa de golpe, nos somamos ao povo
Venezuelano, nos solidarizamos com voces.   Mantenham-se unidos.  Não se
amedrontem diante de tantas ameaças.  Lutem  e construam o futuro que a vós
pertence.
 
À luta por mudanças sociais e economicas que o povo venezuelano desenvolve,
se somarão os povos do Brasil, da Boliva, do Equador, da Argentina e do
toda america latina.    Lutaremos todos contra o modelo neol-liberal. 
Contra o privilegio de uma minoria exploradora.  Contra os latifundiarios. 
Contra os interesses das multinacionais Estadunidenses.  Vamos defender
nossa soberania nacional.
 
Abaixo a alca !
Viva o Povo Latino-americano!
 
 
 
Egidio Bruneto
Coletivo de relações internacionais do MST



----------------------------------------------------------------------------
----


 
----- Original Message ----- 
From: astedile 
To: mailto:Undisclosed-Recipient:@... 
Sent: Saturday, December 07, 2002 9:35 PM
Subject: Fw: Solidariedade ao povo Venezuelano. Difundir




 
São paulo, 6 de dezembro de 2002.
 
 
 
Ao Povo Venezuelano,
nesses momentos tão dificeis.
 
 
Nós do Movimento dos ttrabalhadores rurais sem Terra, (MST) do Brasil,
temos acompanhado com muita atenção e apreensão os últimos acontecimentos
políticos de vosso país.
Estes acontecimentos evidenciam a incapacidade das elites venezuelanas em
aceitar mudanças sociais, políticas e economicas- por pequenas que sejam -
em beneficio dos pobres e dos excluidos.  Querem manter a qualquer preço
seus privilégios.   Para manter esses privilégios, não hesitam  em usar
todos os instrumentos que possuem, na tentativa de destituir um governo
legitimamente escolhido pela imensa maioria do povo.  Nunca em toda
historia da Venezuela  um governo consultou a través de plebiscitos e
eleições, tantas vezes ao povo.   Mas essa elite, que se diz democrata,
frente a possibilidades de mudanças  não hesita em desrespeitar a
constituição, manipular inescrupulosamente as informações através do
monopolio que detem dos meios de comunicação, utilizar falsas organizações
de trabalhadores, provocar o sacrificio de vidas humanas e buscar a todo
custo um golpe de estado.
 
Por outro lado, todos nós da America Latina estamos percebendo a ingerencia
do império Estadunidense, através do governo Bush e dos interesses das
empresas petroleiras, que querem controlar a qualquer custo o acesso ao
petroleo venezuelano, que abastece em 25% o mercado dos Estados Unidos.   A
história de nosso continente está repleta de exemplos e tragédias
resultantes da politica imperial dos Governos dos Estados Unidos para
manter os interesses economicos de suas corporações. Golpes de estado,
imposição de ditaduras militares, atentados,prisões, assassinatos de
lideranças e até de Presidentes como aconteceu com Salvador Allende,
Torrijos..   E nos últimos anos se tem intensificado inclusive a instalação
de novas bases militares em nosso continente, como em Arruba, Curaçao,
Equador, Bolivia, e realização operações militares de amedrontamento, no
Paraguay, Argentina, Colombia e Porto Rico. No Plano estrategico e
economico, tentam nos impor a qualquer preço a ALCA, que é na verdade um
plano para controlar todfo continente para atuação livre de suas empresas. 
Estamos cansados da política do " america para os americanos.. do Norte!"
 
Por isso, os recentes acontecimentos da Venezuela, demonstram claramente a
ingerencia visivel do governo Estadunidense.    E usam o exemplo da 
Venezuela para dar um recado ao povo latino-americano que nas últimas
eleições da Bolivia, Brasil e Equador, tem votado contra o neoliberalismo,
contra os interesses das multinacionais Estadunidenses, contra a ALCA!     
Aqui mesmo, no Brasil, nas ultimas eleições o candidato das elites, ameaçou
de que se Lula ganhasse as eleições o país viraria uma Venezuela.!!
 
Em abril passado o golpe militar  somente fracassou porque o povo da
Venezuela reagiu a tempo e impos um derrota histórica a esses interesses.  
Por isso, nesse momento de mais uma tentativa de golpe, nos somamos ao povo
Venezuelano, nos solidarizamos com voces.   Mantenham-se unidos.  Não se
amedrontem diante de tantas ameaças.  Lutem  e construam o futuro que a vós
pertence.
 
À luta por mudanças sociais e economicas que o povo venezuelano desenvolve,
se somarão os povos do Brasil, da Boliva, do Equador, da Argentina e do
toda america latina.    Lutaremos todos contra o modelo neol-liberal. 
Contra o privilegio de uma minoria exploradora.  Contra os latifundiarios. 
Contra os interesses das multinacionais Estadunidenses.  Vamos defender
nossa soberania nacional.
 
Abaixo a alca !
Viva o Povo Latino-americano!
 
 
 
Egidio Bruneto
Coletivo de relações internacionais do MST





_______________________________________________________________________
Visita nuestro patrocinador:
~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~
                   En estos momentos, 
       alguien de tu pasado está pensando en tí.
                 !Cuéntale cómo estás!
    ...O encuentra a tus antiguos compañeros de estudios...
Haz clic aquí -> http://elistas.net/ml/107/
~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~