Inicio > Mis eListas > lea > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 2522 al 2551 
AsuntoAutor
Brasil: II Forum S interfaz
Te comieron la len interfaz
Re: Te comieron la Eukarys
RE: Te comieron la Dominga
Pincelada de Los J Eukarys
Re: Pincelada de L Jorge Hi
Disculpen el envio Jorge Hi
Re: Pincelada de L Eukarys
Re: Disculpen el e Eukarys
Re: <Red CERA> Age Jorge Hi
Las Manos negras d Jorge Hi
RV: Chimó: Dominga
Re: RV: Chimó: Jorge Hi
degradación de las F. Eduar
NOSOTROS LOS PUEB Sociedad
50% de las plantas F. Eduar
RAPAL-VE: MARN--- Jorge Hi
Reuter: Continuará Jorge Hi
Sorgo: ¿Agroquímic Jorge Hi
Vanadio en el ambi Jorge Hi
Sin solución conta Yuleida
RE: RAPAL-VE: MAR Lucas Ri
Brasil: Encontro d interfaz
Periodicos on-line interfaz
Pinceladas: COCOD Eukarys
PDVSA: Ahora no lo interfaz
RE: Periodicos on- Dominga
RE: Pinceladas: C Tito Bar
RE: PDVSA: Ahora n Tito Bar
RE: Periodicos on- Tito Bar
 << 30 ant. | 30 sig. >>
 
Lista Ecologia y Ambiente - VZLA
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 2919     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:[LEA-Venezuela] Brasil: II Forum Social Pan-Amazonico
Fecha:Jueves, 31 de Octubre, 2002  19:25:00 (-0400)
Autor:interfaz <interfaz @.....net>

De http://www.fspanamazonico.com.br 

II Forum Social Pan-Amazonico 
Belem do Para - Amazonia - Brasil 
De 16-19 de janeiro, 2003 

O Forum Social Pan-Amazonico e um ponto de encontro e articulacao das 
multiplas formas de resistencia dos distintos povos amazonicas. 

E um espaco dinamico e plural, impulsionador de aliancas pela vida e contra 
o neoliberalismo. 

Para a Amazonia, neoliberalismo significa degradacao ambiental, pirataria, 
destruicao de modos de vida tradicionais, colonialismo, concentracao de 
terras e riquezas, intervencao militar e guerra. O Forum Social 
Pan-Amazonico e a aldeia de todos e todas que lutam contra essas imposicoes 
e almejam fazer da Amazonia a terra sem males, buscada pelos nossos povos 
desde tempos imemoriais. 

MST- Movimento Trabalhadores Sem-Terra 
CUT -Central Unica dos Trabalhadores 
GTA -Grupo de Trabalho Amazonico 
Pastorais Sociais da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil 
ABONG -Associacao Brasileira de Organizacoes Nao Governamentais 
Forum Social Mundial-Capitulo Venezolano 
CONAIE -Confederacion de las Naciones Indigenas de Ecuador 
UTG -Union de Travailleurs de Guyane 
Movimiento por la Agua (Bolivia) 
Consejo de Cabildos Indigenas de Colombia 
UNAMAZ -Associacao das Universidades da Amazonia 

ATIVIDADES 
PROPOSTAS 
PARA O FORUM 

Conferencias 
Conferencias especiais 
Seminarios 
Oficinas 
Testemunhos 
Atos politicos 
Foruns especiais 
Programacao cultural 

II Forum Social Pan-Amazonico 

1. APRESENTACAO 

Seis meses apos a realizacao do I Forum Social Pan-Amazonico em nossa
cidade 
ainda estamos colhendo os frutos de seu sucesso. Todas as previsoes a 
respeito do II Forum Social Pan-Amazonico e os sinais que estamos colhendo 
nos levam a acreditar em mais um evento que alcancara seus objetivos de 
aprofundar os lacos de solidariedade e parceria entre os agentes sociais e 
politicos que constroem um novo mundo possivel a partir da Amazonia. 

Para que isto seja um fato, a segunda edicao do Forum deve ser mais 
representativa do que foi a anterior, contar com a presenca de delegacoes 
dos paises irmaos da Amazonia, de todos os demais estados da Amazonia 
brasileira, deve envolver a cidade, sendo ao mesmo tempo, uma demonstracao 
de participacao popular e um presente para o povo de Belem. 

Por isso, todo o cuidado com o planejamento e execucao do II Forum Social 
Pan-Amazonico sao necessarios desde ja, seis meses antes de sua segunda 
edicao. 

2. OBJETIVOS 

A exemplo do Forum Social Mundial, o qual surgiu em 2000 como parte do 
movimento por outra globalizacao, referenciado a partir das manifestacoes
de 
Seattle em 1998, e Chiapas em 1994 diante do choque de concentracao de 
riquezas e poder no mundo capitalista em que vivemos, o II Forum Social 
Pan-Amazonico e um ponto de encontro e articulacao das multiplas formas de 
resistencia dos varios povos amazonidas. E um espaco dinâmico e plural, 
impulsionador de aliancas pela vida e contra o neoliberalismo. 

No caso da Amazonia o neoliberalismo significa degradacao ambiental, 
pirataria, destruicao de formas de vidas tradicionais, colonialismo, 
concentracao de terras e de riquezas, intervencao militar e guerra. O Forum 
Social Pan-Amazonico e a aldeia de todos e todas que lutam contra essas 
imposicoes e pretendem fazer da Amazonia uma terra sem males, sonho de 
nossos povos desde tempos imemoriais. 

3. DESENHO DO II FORUM SOCIAL PAN-AMAZONICO 

Para ser efetivamente um ponto de encontro dos diversos povos, culturas e 
historias amazonidas, estabelecendo lacos consistentes entre a populacao de 
Belem e os delegados/as e convidados/as das mais diversas procedencias, o
II 
Forum deve combinar as discussoes e debates com a exposicao e veiculacao de 
informacao e cultura pelos mais diversificados meios hoje existentes. 

Radio comunitaria, exposicao fotografica, mostras de video e teatro, 
entardecer organizado, danca, circo e outras formas de expressao devem ser 
nao so, atividades ludicas, mas mecanismos de apresentacao e socializacao 
dos conteudos que compoes os diversos acumulos politicos, sociais e 
culturais da regiao e demais povos convidados. 

Por isso mesmo o II FSPA deve se realizar no centro historico de Belem,
onde 
se encontram algumas das mais importantes marcas da identidade local e por 
onde circula normalmente um grande numero de pessoas, facilitando o 
conhecimento mutuo entre os moradores e demais participantes. 

De acordo com o lema Conhecer e Unir para Lutar, as atividades derivadas
dos 
eixos centrais deverao ser ampliadas em numero e qualidade, permitindo uma 
efetiva troca de opinioes e a socializacao dos acumulos e saberes que estao 
consolidados em pessoas, grupos e instituicoes. Destas atividades deverao 
participar representantes de todas as gamas do amplo arco social e politico 
que participa, sustenta, apoia ou se solidariza com o FSPA. Neste II FSPA, 
ainda que realizando inumeros contatos iniciais, e fundamental aprofundar e 
entrecruzar os diversos pontos de vista, como condicao indispensavel para a 
construcao de sinteses e consensos. 

A luta contra a ALCA sera o eixo transversal que devera perpassar todas as 
atividades realizadas, e, portanto, sera o tema de abertura do Forum. 

ABERTURA: "LUTA CONTRA A ALCA". 
Data: 16/01 
Horario: 19h00 
Local: Mercado de Sao Bras 
· MESA: 
· Uma pessoa de cada pais da pan-amazonico. 
· Edmilson Rodrigues, prefeito de Belem. 
· Convidados internacionais como a Via Campesina, o/a representante do
Forum 
Social Mundial. 
· APRESENTACAO CULTURAL. 

Para possibilitar um dinamismo real ao Forum a ideia e que as atividades 
ocorram de tal forma a permitir que as pessoas circulem pelos varios temas, 
ampliando as suas sensibilidades politicas e sociais. Para isto cada eixo 
estara sediado em um local publico que nucleara o seu conjunto especifico
de 
atividades da seguinte forma: 

Eixo 1 
"DEFENDER A SOBERANIA NACIONAL, CONSTRUINDO A SOBERANIA POPULAR". 
Periodos: Manha e tarde. 
Local: Ginasio Altino Pimenta. 
Sub-itens: 
· MILITARIZACAO 
PLANO COLOMBIA 
BASES MILITARES NORTE-AMERICANAS 
BASE DE ALCANTARA 
SIVAM (SISTEMA DE VIGILÂNCIA AEREA DA AMAZONIA) 
· SOBERANIA ECONOMICA 
ALCA 
DIVIDA EXTERNA 
INVESTIGACAO CIENTIFICA E CONHECIMENTO TRADICIONAL 
BIODIVERSIDADE X BIOPIRATARIA NA AMAZONIA 
· DEMOCRACIA E SOBERANIA POPULAR 
DEMOCRATIZACAO DOS MEIOS DE COMUNICACAO 
DEMOCRACIA PARTICIPATIVA 
DEMOCRACIA E AUTODETERMINACAO 

Eixo 2 
"AGUAS, FLORESTAS E TERRAS PARA SUSTENTAR OS POVOS". 
Periodos: Manha e tarde. 
Local: Quadra do Sindicato dos Bancarios e anexo da Escola Bosque da Ilha
do 
Combu. 
Sub-itens: 
· DEMOCRACIA SOBERANIA POPULAR 
· GESTAO SUSTENTAVEL DOS RECURSOS HIDRICOS 
· OS GRANDES PROJETOS NA AMAZONIA 
· PRIVATIZACAO E MERCANTILIZACAO DA AGUA 
· GESTAO POPULAR DE TERRITORIOS NA AMAZONIA 
· REFORMA AGRARIA NA AMAZONIA 
· VIOLENCIA E IMPUNIDADE NA AMAZONIA 
· CIDADES SUSTENTAVEIS 
· BIODIVERSIDADE X BIOPIRATARIA NA AMAZONIA 

Eixo 3 
"FORMACAO DE IDENTIDADES AMAZONICAS E INTEGRACAO DOS POVOS DA AMERICA 
LATINA". 
Periodos: Manha e tarde. 
Local: Tenda da Escola Circo, armada na Praca da Bandeira. 
Sub-itens: 
· DEMOCRACIA E SOBERANIA POPULAR 
· VALORIZACOES ETNICAS E CULTURAIS 
· A QUESTAO DE GENERO NA AMAZONIA 
· RESISTENCIAS HISTORICAS CONTRA A DOMINACAO 
· FLUXOS MIGRATORIOS 
· CULTURA URBANA NA AMAZONIA 
· IDENTIDADE AMAZONICA E FRONTEIRAS NACIONAIS 
· ESTATUTO DOS POVOS INDIGENAS 

Os tres eixos serao desenvolvidos ao mesmo tempo, incorporando ao maximo 
agentes e perspectivas diversas sobre cada um dos seus sub-temas. Desta 
forma, ao longo dos dias 17 e 18/01 ocorrerao duas seqüencias diarias de 
eventos ligadas a cada eixo, com a participacao de personalidades de peso
no 
cenario nacional e internacional em todos eles. 

Para o periodo noturno destes dois dias desenvolveremos uma rica agenda de 
eventos culturais tendo como pontos de referencia o Palacio Antonio Lemos,
a 
Galeria Municipal e a Praca Waldemar Henrique. Ja temos ofertadas para o 
Palacio Antonio Lemos o lancamento da exposicao da Historia Visual da 
Borracha e do Livro da Marta Harnecker sobre Democracia Participativa. 

As oficinas ocorrerao ao longo do dia 19/01 no predio da UNAMA que possui 
condicoes fisicas para comportar este tipo de evento. 

O encerramento sera com um congracamento no projeto Ver-o-Rio no entardecer 
do dia 19/01. 

4. TERRITORIO DOS POVOS AMAZONICOS. 

Da forma como esta previsto, o Forum se desenrolara ao longo de espacos de 
grande forca historica e cultural, de modo a tornar visivel aos visitantes 
os usos e costumes do nosso povo, assim como permitir a interacao de nossos 
convidados com nossa cidade. 

Nesta segunda edicao do Forum, os elementos mais marcantes da historia e da 
cultura de Belem estarao ao alcance do toque, revelando todos os aspectos
da 
sua condicao amazonida. Este e o sentido de desenvolvermos uma importante 
parcela das atividades II FSPA na ilha do Combu: explorarmos a real
sintonia 
entre os temas da pauta amazonica e a vida de nossa cidade; envolver as 
populacoes das ilhas e permitir o contato dos visitantes com esta face 
sedutora de Belem. 

Os espacos e equipamentos utilizados serao o Ginasio Altino Pimenta, a
praca 
Waldemar Henrique, o projeto Ver-o-Rio, a UNAMA, a tenda da Escola Circo, o 
Auditorio dos Mercedarios, a Galeria Municipal, o Memorial dos Povos 
Indigenas, o Solar da Beira, o anexo da Escola Bosque na Ilha do Combu e a 
Aldeia Cabana. 

A ideia e que esta area livre para os povos que compoe o II FSPA, seja 
simbolicamente demarcada atraves de porticos; um instalado proximo ao 
Palacio Antonio Lemos outro na Avenida Pedro Alves Cabral na altura do 
projeto Ver-o-Rio e mais onde for necessario. 

A praca Waldemar Henrique pela sua localizacao geografica privilegiada
neste 
contexto e por ser um local de uso costumeiro do povo de Belem, sera o 
coracao do II FSPA. Nela serao expostas as culturas, mensagens e
sentimentos 
das populacoes ribeirinhas que forem visitadas pelas caravanas fluviais. 
Sera uma instalacao viva, que possa tambem receber as mensagens, culturas e 
sentimentos do povo de Belem e dos povos pan-amazonicos e reuni-las para 
serem ofertadas para essas populacoes nas viagens de volta. 

A praca Waldemar Henrique devera se tornar um grande espaco de vivencia e 
encontro entre as pessoas que circularao entre as atividades do Forum 
atraves da montagem de uma praca de alimentacao, de barracas para materiais 
politicos e artesanato, alem de acolher tambem atividades como instalacoes, 
apresentacoes artisticas e testemunhos. 

O projeto Ver-o-Rio, local privilegiado de descontracao e fruicao do
cenario 
amazonico, devera tambem ser incorporado ao circuito, devendo sediar tambem 
atividades artisticas e culturais alem do encerramento do II FSPA. 

A medida que se amplie a participacao dos mais diversos segmentos na 
organizacao e realizacao do Forum, certamente novos espacos, como, por 
exemplo, o Bosque Rodrigues Alves, serao incorporados ao Forum, atraves das 
acoes realizadas por novos atores sociais. 

5. BELEM, CAPITAL PAN-AMAZONICA. 

Para que este desenho se materialize da melhor forma o envolvimento da 
populacao belenense e uma necessidade. Desenvolveremos seis formas para 
alcancarmos esta meta. 

· Mega Bunners espalhados por pontos estrategicos da cidade com a marca 
estilizada do II FSPA fazendo a sua propaganda. 
· Ao lado de cada "sede" dos eixos tematicos serao colocadas com 
antecedencia todas as programacoes a ser desenvolvida naquele espaco, o que 
democratizara a informacao e facilitara a programacao individual. 
· Jornal do onibus para circular desde dezembro anunciando as atividades e 
atracoes do II FSPA. 
· Desenvolveremos acoes de sensibilizacao atraves de grandes paineis 
produzidos por artistas plasticos com dominio de varias tecnicas, 
desenvolvendo os temas e as sensibilidades amazonicas. 
· Inscricoes: A partir de dezembro deveremos distribuir pela cidade em 
pontos de grande fluxo de pessoas, tres postos de recebimento de inscricao 
para o II FSPA que deverao processar por computador estas informacoes. 
Viabilizaremos com auxilio do Secretariado do Forum Social Mundial o 
programa necessario para a inscricao pela Internet. As pessoas que se 
inscreverem terao direito a um "super-kit" do II FSPA. 
· Serao desenvolvidas acoes de mobilizacao atraves dos meios de comunicacao 
alternativa hoje existentes em Belem, com destaque para as radios 
comunitarias. 

6. CAMINHOS A PERCORRER. 

A fim de que alcancemos o sucesso desejado na realizacao de um evento deste 
porte, serao necessarias varias acoes combinadas que devem ser promovidas 
pelas entidades organizadoras e patrocinadoras do II FSPA, desde ja e ate o 
periodo do Forum conforme as necessidades forem se materializando. 

1. Mobilizacao: A necessidade de garantirmos a internacionalizacao efetiva 
do II FSPA cobrara de seus/suas organizadores/as viagens de preparacao e 
estimulo a participacao de alguns de nossos paises irmaos. 
2. Encontros sem Fronteiras: Os encontros entre as populacoes vizinhas 
possuem importancia central nesta concepcao de Forum, que alem de ser
evento 
e tambem movimento. Eles tem a potencialidade inclusive de serem 
instrumentos para a organizacao das delegacoes amazonidas que virao ate 
Belem. 
3. Caravanas: As caravanas serao o Forum em movimento. De varios pontos da 
Amazonia grandes barcos se dirigirao ate a cidade do Forum trazendo 
seus/suas participantes, suas experiencias, seus sonhos e suas culturas
para 
um grande encontro na foz do Amazonas. Com eles tambem virao um pouco da 
vida e da luta diaria das populacoes ribeirinhas que serao visitadas ao 
longo do trajeto para que elas possam se fazer presentes tambem. 

******************************************************************* 
Distribuido por: Distributed by: 
'AMAZON ALLIANCE' FOR INDIGENOUS AND 
TRADITIONAL PEOPLES OF THE AMAZON BASIN 
1367 Connecticut Ave. NW, Suite 400 
Washington, DC 20036-1860 
tel (202)785-3334 
fax (202)785-3335 
amazon@... 
http://www.amazonalliance.org 

Disclaimer: All copyrights belong to original publisher. The Amazon
Alliance 
has not verified the accuracy of the forwarded message. Forwarding this 
message does not necessarily connote agreement with the positions stated 
there-in. 

Todos los derechos de autor pertenecen al autor originario. La Alianza 
Amazonica no ha verificado la veracidad de este mensaje. Enviar este 
mensaje no necesariamente significa que la Alianza Amazonica este de
acuerdo 
con el contenido. 

La Alianza Amazonica para los Pueblos Indigenas y Tradicionales de la
Cuenca 
Amazonica es una iniciativa nacida de la alianza entre los pueblos
indigenas 
y tradicionales de la Amazonia y grupos e individuos que comparten sus 
preocupaciones por el futuro de la Amazonia y sus pueblos. Hay mas de 
ochenta organizaciones del norte y del sur activas en la Alianza Amazonica. 
La Alianza Amazonica trabaja para defender los derechos, territorios, y el 
medio ambiente de los pueblos indigenas y tradicionales de la Cuenca 
Amazonica. 

The Amazon Alliance for Indigenous and Traditional Peoples of the Amazon 
Basin is an initiative born out of the partnership between indigenous and 
traditional peoples of the Amazon and groups and individuals who share
their 
concerns for the future of the Amazon and its peoples. There are over
eighty 
non-governmental organizations from the North and South active in the 
Alliance. The Amazon Alliance works to defend the rights, territories, and 
environment of indigenous and traditional peoples of the Amazon Basin. 

${list_promo} 





_______________________________________________________________________
Visita nuestro patrocinador:
~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~
              +++ ARSYS, Tu aliado en Internet +++
   Servicios de hosting, registro y alojamiento de dominios, etc.
   Haz clic aquí -> http://elistas.net/ml/91/
~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~^~