Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 9141 al 9160 
AsuntoAutor
512/07 - ARTISTA Y Noticias
511/07 - Individuo Noticias
510/07 - El MoNaRe Noticias
516/07 - 8° Congre Noticias
513/07 -Seminario Noticias
517/07 - SOBRE EL Noticias
518/07 - DECLARACI Noticias
519/07 - DECLARACI Noticias
521/07 - XVII Conv Noticias
522/07 - GEO-DEFIN Noticias
520/07 - Pre-ENEG Noticias
523/07 - PARTICIPA Noticias
Presentación libro Fernando
524/07 - LA PRIVAT Noticias
terribles.....GEO- Pablo Bi
526/07 - Revés em Noticias
527/07 - Bienvenid Noticias
525/07 - Argentina Noticias
529/07 - Cincuenta Noticias
528/07 - La crisis Noticias
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 9411     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu FALECIMENTO DO RENOMADO GEOGRAFO PROF. MANOEL CORREIA DE ANDRADE
Fecha:Viernes, 22 de Junio, 2007  07:09:51 (-0300)
Autor:Edvania Torres Aguiar <serrot @...........br>

O grande geógrafo brasileiro Prof. Manoel Correia de Andrade, autor de inúmero livros, dentre os quais, a famosa obra "A terra e o homem no Nordeste", classificada como uma das 100 obras selecionadas do século passado, acaba de falecer em virtude de infarto.
Considerado grande referencia nacional e internacional da área de ciencias sociais. Este cientista, morre com 84 anos, em plena vitalidade intelectual e produtiva. Pesquisador senior do CNPq, bolsista ininterrupto ao longo de sua trajetória proffisional, conseguiu imprimir um ritmo marcante pela profundidade e vanguardismo de suas idéias.
Após anos de pesquisa na Fundação Joaquim Nabuco, centenas de palestras, artigos pulbicados, livros, particpação em bancas, centenas de orientações, pesquisador da SUDENE. Este senior pesquisador continuava trablahando todos os dias à frente da Cátedra Gilberto Freyre, na qual empreendeu diferentes e sistematicas atividades , dentre elas, o seminário Redescobrindo o Brasil, no qual possibilitava através de convites aos diferetens intelectuais proeminentes do Brasil, a discussão sobre as idéias e obras de grandes referencias do pensamento nacional.
Sem dúvidas, é uma inestimavel perda!
 
 
 
 
Caros Colegas,
lamento compartilhar o falecimento do nosso querido mestre Prof. Manoel Correia de Andrade. Ele faleceu hoje em virtude de complicações cardiológicas. Tudo foi muito rápido, ele se internou na quarta-feira para procedimentos de monitoramento cardiológico, visto que havia tido crises de angina, sequenciadas por um infarto. Estava prevista uma intervenção cirúrgica num prazo de 42 horas após o monitoramento. Ele não a alcançou essa etapa.
É consolador sabermos que ele estava no pleno gozo de suas funções intelectuais e feliz no que realizava, sempre com novos projetos, e sempre atendendo aos pedidos e convites formulados para generosamente compartilhar suas idéias. Dentre os seus futuros planos já estava a organização de um curso sobre Pernambuco para dar suporte científico ao programa de interiorização das IFES, em especial a UFPE e UFRPE com a criação de novos campi.
O professor Manoel Correa estava vinculado ao Mestrado em Gestão e Políticas Ambientais, no qual ministrava disciplinas e orientava, dando sequencia ao trabalho iniciado por seu filho Joaquim Correa. No mestrado em Geografia , por ele criado, continuava colaborando e participando de bancas. A sua última participação em banca remete ao dia 30 de maio do corrente em uma defesa de mestrado em gestão e políticas ambientais.A sua tenacidade e vitalidade reconhecida por todos, ficou presente mais uma vez, na sua última participação em eventos academicos, ocorrido na mesma semana de seu falecimento. Ele se despediu no 8 encontro alagoano de Geografia, realizado em Maceió no qual profeiru a palestra de abertura no dia 18 (segunda feira) desta mesma semana.Não pode estar presente ao lançamento do seu mais novo livro chamado "Redescobrindo o Brasil 2", coletânea de artigos e de palestras realizados no evento cujo título empresta o nome, e que o professor organizava a cada ano enquanto atividade da Cátedra Gilberto Freyre que coordenava há 6 anos.
Esse informe é para compartilhar o já sabido por todos vocês, o velho coronel, o velho Manoel, o polêmico, inquieto e briguento Manoel morreu com a sua eterna juventude, e, coerentemente à sua trajetória profissional: sempre lutando, de bem com a vida, escrevendo e sempre cultivando idéias.
Fica a lição!
Por favor comuniquem aos demais colegas esta perda.
Um abraço,
Edvania Torres




Crea tu propia Red Social de Noticias
O participa en las muchas ya creadas. ¡Es lo último, es útil y divertido! ¿A qué esperas?
es.corank.com