Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 3261 al 3280 
AsuntoAutor
690/04 - Tradición Humboldt
698/04 - PODER ADQ Humboldt
699/04 - ESPECIALI Humboldt
Maestrías en Mérid Luis San
Re: NoticiasdelCeH Vicente
700/04 - Los oligo Humboldt
701/04 - El nuevo Humboldt
¿desposesión o des Vicente
702/04 - CHAMADA D Humboldt
703/04 - REVISTA U Humboldt
704/04 - REFORMA U Humboldt
705/04 - Primeras Humboldt
706/04 - PLENARIO Humboldt
707/04 - LA DESNUT Humboldt
708/04 - ESPECIALI Humboldt
709/04 - A Alca, o Humboldt
710/04 - PROBLEMAS Humboldt
711/04 - PROGRESOS Humboldt
712/04 - ESPECIALI Humboldt
713/04 - Curso Int Humboldt
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 3478     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu 702/04 - CHAMADA DE ARTIGOS
Fecha:Jueves, 6 de Mayo, 2004  21:05:53 (-0300)
Autor:Humboldt <humboldt @............ar>

NCeHu 702/04
 
Espaço & Debates

2a. CHAMADA DE ARTIGOS
PARA NÚMERO TEMÁTICO SOBRE O ESPAÇO PÚBLICO


Espaço Público: Configuração e Transformações

O espaço público, entendido como dimensão social constitutiva da vida moderna,
teve sua gênese intimamente associada à emergência das cidades, à centralização
e institucionalização do poder construídas pelos absolutismos, ao alastramento
do mercado e conseqüente autonomia material de camadas de livres proprietários,
à alfabetização e ao boom editorial da literatura e dos jornais de opinião, à
cristalização da família nuclear (burguesa) como modelo familiar, à emergência
de uma subjetividade centrada no eu e, portanto, à aparição da intimidade ou à
privatização da vida familiar como oposta à vida pública.

 A complexidade dessa dimensão social foi, em grande medida, equacionada a
partir da simplificação permitida por diversas perspectivas disciplinares.No
campo jurídico como direito ou, mais precisamente, mediante a determinação
analítica dos critérios para fundamentar a distinção basal entre direito
público e direito privado. Na ótica da economia, como bem público, ou no debate
em torno da elucidação conceitual dos atributos a justificarem o caráter "
desmercantilizado" de determinados bens, assim como dos mecanismos mais
eficientes para operá-los. No plano da ciência política, foi incluído na
problemática do Estado e da capacidade de institucionalizar a res publica -
aquilo que se torna público pelo Estado e graças, contra e mediante o conflito
de interesses. Da perspectiva da sociologia como sociedade civil, ação social
autônoma sedimentada em associações incumbidas de tematizar questões relevantes
para o conjunto da sociedade. Os estudos de comunicação, para além da abordagem
mais tradicional da opinião pública, vêm desenvolvendo leituras do espaço
público enquanto ágora virtual ou espaço midiático indispensável para o
funcionamento da comunicação política nas sociedades de massas. A arquitetura e
o urbanismo também produziram sua própria leitura disciplinar para processar a
complexidade dessa dimensão, e fizeram-no a partir do estatuto público ou
privado dos usos do solo e de sua propriedade, assim como de um modelo
analógico de espaço físico.
O elenco de recortes disciplinares acima mencionado objetiva atentar para a
fragmentação do debate e exígua interdisciplinaridade que, até há pouco,
caracterizou o campo das teorias e abordagens do espaço público. No entanto,
estímulos para a interlocução disciplinar e para a inovação e crítica
conceituais vêm alterando esse panorama. Nos últimos anos, profundas
transformações dessa dimensão social moderna, vêm propiciando caracterizações
em mais de um registro: privatização, virtualização, feudalização,
democratização ou, inclusive, publicização.
O número monográfico da Espaço & Debates se insere nessa tendência e visa
estimular o debate interdisciplinar acerca da configuração multidimensional do
espaço público e suas transformações. Todas as colaborações serão bem-vindas e
avaliadas pelo comitê editorial e por pareceristas. Em se tratando da segunda
chamada de artigos, visando a balançar as diferentes perspectivas de abordagem
do espaço público, serão especialmente bem-vindos artigos de caráter
interdisciplinar e, dentre estes, aqueles que realizam o diálogo a partir da
arquitetura e do urbanismo.
Os artigos deverão ser entregues conforme as especificações que seguem, até 07
de junho de 2004 para







NERU - Espaço & Debates . Caixa Postal 11028 CEP 05422-002
São Paulo - SP . Brasil


.... Normas para  apresentação e envio dos artigos:
Os trabalhos devem ser encaminhados em disquete (Word 6.0 ou 7.0, tabelas e
gráficos em Excel) e em três vias impressas, digitadas em espaço 1,5, fonte
Arial tamanho 11, margem 2,5 ,tendo no máximo 25 (vinte e cinco) páginas,
incluindo tabelas, gráficos, figuras referências bibliográficas, acompanhados
de um resumo em português ou na língua que o artigo foi escrito e outro em
inglês, contendo entre 100 (cem) e 150 (cento e cinqüenta) palavras com
indicação de 5 (cinco) a 7 (sete) palavras chaves. Devem constar em apenas uma
das cópias as seguintes informações: nome do autor, sua formação básica e
titulação acadêmica, atividade que exerce, instituição em que trabalha e
e-mail, além de telefone e endereço para correspondência. Os capítulos, títulos
e subtítulos deveram ser ordenados segundo os seguintes critérios: Título 1:
Arial, tamanho 14, normal, negrito. Título 2: Arial, tamanho 12, normal,
negrito. Título 3: Arial, tamanho 11, normal, negrito.
As referências bibliográficas deverão ser colocadas no final do artigo, de
acordo com os exemplos abaixo:
REIS, José de Oliveira. (2001) "Urbanismo e sua influência no município" Espaço
& Debates, São Paulo, n. 41, p. 98-101, 2001.
VILLAÇA, Flávio. (1998) Espaço Intra Urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel,
Lincoln Institute, Fapesp, 1998.
Dúvidas e Sugestões: espacodebates@uol.com.br