Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 18821 al 18840 
AsuntoAutor
300/20 - AGRONEGÓC Noticias
=?UTF-8?Q?Re:_Noti Pablo Si
301/20 - OCTUBRE e Noticias
302/20 - GOVERNAN« Noticias
303/20 - VIAJANDO: Noticias
304/20 - De la nar Noticias
305/20 - LA VIDA E Noticias
306/20 - INDUSTRIA Noticias
307/20 - VIAJANDO: Noticias
308/20 - ASPECTOS Noticias
309/20 - ECONOMÍA Noticias
310/20 - LA CARA O Noticias
311/20 - Charlas f Noticias
312/20 - Los distr Noticias
313/20 - ANÁLISIS Noticias
Re: NoticiasdelCeH Juan Car
314/20 - VIAJANDO: Noticias
315/20 - EL ROL ES Noticias
=?utf-8?Q?316/20_- Noticias
317/20 - Fratelli Noticias
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
PŠgina principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 19179     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu =?utf-8?Q?316/20_-_A_CIDADE_E_SUAS_REPRESE?= =?utf-8?Q?NTA=C3=87=C3=95ES_PARA_COMPREENDER_O_ESPA=C3=87?= =?utf-8?Q?O_URBANO?=
Fecha:Domingo, 18 de Octubre, 2020  19:50:15 (-0300)
Autor:Noticias del CeHu <noticias @..............org>

NCeHu 316/20

 

A cidade e suas representa√ß√Ķes para compreender o espa√ßo urbano

 

 

[1]Grazielle Macedo Barreto Sensolo

Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS, Porto Alegre, Brasil.

 

Resumo

Este artigo realiza-se pela preocupa√ß√£o de uma professora-pesquisadora da rede municipal de ensino da cidade de Cachoerinha/RS em fazer reflex√Ķes sobre a sua pr√¡tica para compreender se o trabalho com a cidade facilita ou n√£o a constru√ß√£o do conceito de Espa√ßo Geogr√¡fico para o entendimento do mundo. Partindo do lugar de viv√™ncia dos sujeitos alunos, a cidade de Cachoeirinha, vamos tecendo di√¡logos a fim de problematizar os conceitos de lugar, identidade e espa√ßo urbano. Pensamos, no primeiro momento, que estes conceitos podem auxiliar os alunos a compreenderem provisoriamente os lugares onde est√£o inseridos e as representa√ß√Ķes contidas nestes locais ao longo dos anos. A partir de propostas pedag√≥gicas que dialoguem com a hist√≥ria e a forma√ß√£o territorial da cidade de Cachoeirinha/RS, buscamos refletir sobre as representa√ß√Ķes e significados que os alunos t√™m do lugar onde vivem, a fim de perceber o espa√ßo urbano como produto e produtor de uma sociedade e a import√Ęncia do conhecimento desses espa√ßos para a sua forma√ß√£o cidad√£. O tra√ßado metodol√≥gico est√¡ fundamentado na abordagem qualitativa, atrav√©s da pesquisa participante, tendo suporte te√≥rico de produ√ß√Ķes bibliogr√¡ficas relacionadas ao objetivo destacado anteriormente. A estrutura da pesquisa participante d√¡-se na rela√ß√£o entre os pesquisadores e os sujeitos investigados (alunos do 6 ano dos Anos Finais do Ensino Fundamental) a partir de a√ß√Ķes educativas, como: problematiza√ß√Ķes e oficina pedag√≥gica.¬† Utilizamos a Complexidade como alicerce de nossas inquieta√ß√Ķes e sugerimos reflex√Ķes que permitam ao professor repensar as suas pr√¡ticas de ensino a fim de auxiliarem aos alunos na compreens√£o do espa√ßo urbano e do todo em que est√¡ inserido, o Espa√ßo Geogr√¡fico.

 

Palavras chaves: Ensino de Geografia ‚Äď Complexidade - Cidade- Representa√ß√Ķes ‚Äď Espa√ßo Urbano¬†¬†¬†¬†¬†¬†

 

Introdução

O presente artigo nasce das reflex√Ķes de uma professora sobre as suas pr√¡ticas de ensino e como estas estavam contribuindo ou n√£o para a aprendizagem significativa dos alunos. Faz parte da pesquisa de mestrado, iniciada no ano de 2019, que busca compreender provisoriamente se o trabalho com a cidade facilita a constru√ß√£o do conceito de espa√ßo geogr√¡fico e o entendimento do mundo. O mapa a seguir localiza a cidade de atua√ß√£o da pesquisadora, que gerou as inquieta√ß√Ķes desta pesquisa.

 

Figura 1 - Localização da cidade de Cachoeirinha

Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA (2019).

 

As reflex√Ķes sobre nossas pr√¡ticas em sala de aula evidenciadas na cidade de Cachoeirinha/RS- Brasil, nos permitiu perceber a import√Ęncia de contextualizar a viv√™ncia dos alunos em sala de aula para que as significa√ß√Ķes do que se aprende em sala de aula realmente¬† aconte√ßam, j√¡ que somos seres sociais repletos de signos e significados. Assim, vimos no trabalho com a cidade uma possibilidade de pr√¡ticas pedag√≥gicas que fortalecem os la√ßos identit√¡rios dos alunos e proporcionam a sua tradu√ß√£o do espa√ßo vivido, visando auxili√¡-los √† compreens√£o como parte de um todo. A Complexidade ser√¡ a base onde ancoramos nossa pesquisa, pois ela nos abre um mundo de possibilidades, que nos incitam a questionar o mundo a nossa volta, com o intuito de torn√¡-lo mais compreens√≠vel, mesmo que provisoriamente. Ap√≥s a revis√£o bibliogr√¡fica, iniciamos algumas propostas pedag√≥gicas que oportunizassem aos alunos a reflex√£o sobre o seu lugar, verificando os signos e significados que foram se constituindo ao longo da hist√≥ria do munic√≠pio, comparando como as representa√ß√Ķes socias, formas e fun√ß√Ķes foram mudando ao longo dos anos e como esta hist√≥ria interfere em seu modo de vida atual. Percebemos ao longo desta caminhada pela estrada do conhecimento geogr√¡fico, que hoje, o munic√≠pio √© uma cidade[2] que n√£o possui mais √¡reas rurais como no in√≠cio de sua forma√ß√£o territorial. A partir desta informa√ß√£o, podemos refletir sobre como este fato interfere na vida dos alunos, como suas representa√ß√Ķes est√£o inseridas neste contexto e assim contribuir para sua forma√ß√£o cidad√£, j√¡ que ao refletir sobre a hist√≥ria da cidade, eles podem pensar sobre sua pr√≥pria hist√≥ria e de como ela est√¡ presente nas representa√ß√Ķes que se tem do lugar. Pensamos que eles podem, a partir do espa√ßo urbanos, entender os porqu√™s, como, onde e para quem estes locais foram/est√£o organizados, materializados, vendo assim, o texto em seu contexto.

Ao longo da pesquisa revistamos alguns conceitos importantes para a Geografia, como Espa√ßo Geogr√¡fico, Lugar, Cidade entre outros, a fim de perceber como estes conceitos poderiam ser constru√≠dos a partir do lugar dos alunos e facilitar sua compreens√£o do mundo. Ao final da pesquisa desenvolvemos algumas propostas pedag√≥gicas que pudessem auxili√¡-los a ler e compreender o mundo a partir da sua cidade.

 

REFER√äNCIAS BIBLIOGR√ĀFICAS

 

CALLAI, Helena Copetti. Estudar o lugar para compreender o mundo. In: CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos. Ensino de Geografia: Pr√¡ticas e textualiza√ß√Ķes no cotidiano. 1. ed. Porto Alegre: Media√ß√£o, 2000, p. 83-169.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos. Ensino de Geografia: Pr√¡ticas e textualiza√ß√Ķes no cotidiano. 1. ed. Porto Alegre: Media√ß√£o, 2000.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos. O est√¡gio continuado e a (re)constru√ß√£o do fazer pedag√≥gico geogr√¡fico: o lugar da escola. Cadernos do Aplica√ß√£o, Porto Alegre, v. 20, n. 2, p.461-478, 01 jul. 2007a.

CATROGIOVANNI, Antonio Carlos. Para entender a necessidade de pr√¡ticas prazerosas no ensino de geografia na p√≥s-modernidade. In: REGO, Nelson; CATROGIOVANNI, Antonio Carlos; KAERCHER, Nestor Andr√©. Geografia: pr√¡ticas pedag√≥gicas para o Ensino M√©dio. Porto Alegre: Artmed, 2007b. p. 35-48.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; BATISTA, Bruno Nunes. Geografia na escola: Lugar para estudar, entre-lugar para encontrar, espa√ßo para encontrar. Revista Did√¡ctica Geogr√¡fica, n. 17, p. 19-37, jul./2016.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; COSTELLA, Roselane Zordan. Brincar e cartografar com os diferentes mundos geogr√¡ficos: alfabetiza√ß√£o espacial. Porto Alegre: EDIPCRS, 2007c.

CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; FORTINI, Eraldo Silva. Ensino de Geografia- Uma experiência possível. In: REGO, Nelson (Org). Um Pouco do Mundo Cabe nas Mãos: Geografizando em Educação local e global. 1. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2003. p. 105-121.

CASTOGIOVANNI, Antonio Carlos. Ensino, complexidade e diversidade da vida nos fazeres geogr√¡ficos. In: REGO, Nelson; CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos; KAERCHER, Nestor Andr√©. Geografia: pr√¡ticas pedag√≥gicas para o ensino m√©dio. Porto Alegre: Penso, 2011.p.33-48.

CAVALCANTI, Lana de Souza. Geografia, escola e construção de conhecimento. 1. ed. São Paulo: Papirus, 1998.

CAVALCANTI, Lana de Souza. A geografia escolar e a cidade: Ensaios sobre o ensino de geografia para a vida urbana cotidiana. 3. ed. S√£o Paulo: Papirus, 2012.

CORR√äA, Roberto Lobato. Processo, forma e significado: uma breve considera√ß√£o. Instituto Hist√≥rico e Geogr√¡fico do Rio Grande do Sul. 2009. Dispon√≠vel em: http://ihgrgs.org.br/artigos/contibuicoes/Roberto%20Lobato%20Corr%C3%AAa%20-%20Processo,%20Forma%20e%20Significado.pdf. Acesso em: 19 mar. 2020.

CORR√äA, Roberto Lobato. Redes geogr√¡ficas: Reflex√Ķes sobre um tema persistente. Cidades, S√£o Paulo, v. 9, n. 16, p. 199-218, jun./2011.

FERNANDES, Mariane de O. Os conceitos de território e lugar na contemporaneidade: À produção nas teses de pós-graduação em Geografia de 2001-2011. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Maria, RS, 2013.

FLINCK, Uwe. Introdu√ß√£o √† metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. 1. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necess√¡rios √† pratica educativa. 57. ed. Rio de Janeiro/S√£o Paulo: Paz e Terra, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTAT√ćSTICA, IBGE. Estados e cidades - Panorama. Dispon√≠vel em: ňā https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/cachoeirinha/panoramaňÉ

MOMBACH, Cristina Camboim. Memória de Cachoeirinha. 2. ed. Porto Alegre: Sagra, 1991.

MONTEIRO, Marcos Leandro Greff; SILVA, Guilherme Dias da. Fragmentos: da colonização à emancipação de Cachoeirinha. Cachoeirinha, RS: Prefeitura Municipal de Cachoeirinha, 2017.

MORIN, Edgar. A cabe√ßa bem-feita: Repensar a reforma, reformar o pensamento. Trad. Elo√¡ Jacobina. 6. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. 3. ed. Trad. Eliane Lisboa. Porto Alegre: Sulina, 2007.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necess√¡rios √† educa√ß√£o do futuro. Trad. Catariana Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. 2. ed. S√£o Paulo: Cortez, 2011a.

SANTOS, Milton. Por uma outra globaliza√ß√£o: do pensamento √ļnico √† consci√™ncia universal. 15. ed. Rio de Janeiro: Record, 2008.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2009.

SAKAKIBARA, Gabriel Mello. Classifica√ß√£o das √¡reas urbanas e rurais no Brasil: uma discuss√£o a partir dos territ√≥rios municipais. Disserta√ß√£o (Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2019.

TEIXEIRA, Ruy. Cachoeirinha e sua hist√≥ria ‚Äď reminisc√™ncias. Porto Alegre: Edigal, 1998.

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - ¬†Lei Complementar n¬į 11, de 18 de dezembro de 2007. ¬†Plano Diretor do Desenvolvimento Urbano do munic√≠pio de Cachoeirinha. ňā https://leismunicipais.com.br/plano-diretor-cachoeirinha-rs ňÉ JUN/2020.

 

 

 

Ponencia presentada en el XXII Encuentro Internacional Humboldt ‚Äď El ‚ÄúRegreso‚ÄĚ de la Geopol√≠tica. Santa Rosa ‚Äď La Pampa ‚Äď Argentina ‚Äď 21 al 25 de septiembre de 2020 ‚Äď MODALIDAD VIRTUAL.

Para ver la presentaci√≥n en vivo, ingrese a: https://www.youtube.com/channel/UCyfxfhPdmoy3nWbFYs4E_nQ?view_as=subscriber D√ćA 4.

 

 

 



1Licenciada e bacharel em Geografia/PUCRS, Especialista em Ensino de Geografia/ UFRGS, mestranda/ UFRGS e professora da rede municipal em Cachoeirinha/RS- Brasil .