Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 17146 al 17165 
AsuntoAutor
332/15 - Argentina Noticias
333/15 -I Congress Noticias
334/15 - 1st Econo Noticias
335/15 - I Congres Noticias
336/15 - Libre com Noticias
=?UTF-8?Q?Re=3A_CO Beatriz
337/15 - Argentina Noticias
338/15 - Robot, ma Noticias
339/15 - La emerge Noticias
340/15 - VIAJANDO: Noticias
341/15 - La corrup Noticias
342/15 - ENCUENTRO Noticias
343/15 - IV ENCUEN Noticias
344/15 - PROCESOS Noticias
Re: NoticiasdelCeH mrcovas
=?UTF-8?Q?Quienes_ Alexande
345/15 - 22 de nov Noticias
=?UTF-8?Q?Re=3A_No Maria de
=?UTF-8?Q?Re=3A_No Miguel A
346/15 - Sociedad Noticias
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 17470     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu 333/15 -I Congresso de Geografia Econômica - "A nova g eografia do capitalismo"
Fecha:Domingo, 1 de Noviembre, 2015  16:30:50 (-0300)
Autor:Noticias del CeHu <noticias @..............org>

NCeHu 333/15
 

 
I Congresso de Geografia Econômica

 
Mar del Plata, Argentina
 22, 23 e 24 de junho de 2016
 
 

"A nova geografia do capitalismo"

 
 

Há dez anos, em 2005, foi criado o coletivo Geoecon, motivado por uma ação de vários departamentos universitários Argentinos, que direta ou indiretamente estavam envolvidos com pesquisa de Geografia Econômica. Esse coletivo criou As Jornadas de Geografia Econômica, um evento anual que tem sido organizado desde então, na Argentina (2005-2015).

 

Após uma década de experiência, o Coletivo Geoecon idealizou a realização do Primeiro Congresso de Geografia Econômica, em junho de 2016, na cidade de Mar del Plata, Buenos Aires, Argentina. O evento será realizado com o lema "A nova geografia do capitalismo" e se estrutura por dois eixos conceituais: a) "capitalismo e geografia" e b) "Crise e geografia."

 

A criação do Coletivo Geoecon foi pensado como uma ferramenta para o desenvolvimento de uma abordagem coordenada para fortalecer nossa área do conhecimento, geografia econômica, estruturando uma articulação entre universidades. No entanto, este não foi o único objetivo. Também entendíamos como prioridade o fortalecimento e o desenvolvimento dessa especialidade como estratégia para enfrentar o avanço da onda conservadora que vinha ganhando terreno, bem como o fortalecimento de nossa disciplina, que não foi diferente do que aconteceu em outras disciplinas nos últimos trinta anos, e tem respondido à altura a expansão dos diferentes modelos, os quais genericamente são chamados de pós-modernismo. E no campo da geografia, tivemos também uma multiplicação de intervenções culturalistas.

 

Nossa disciplina, geografia econômica é a chave para a reentrada do materialismo histórico; isto é, para confrontar a orientação conservadora. O Geoecon, As Jornadas de Geografia Econômica e agora o Congresso de Geografia Econômica fazem parte das ações do norte estratégico. Daí a escolha do tema e dos seus eixos conceituais.

 

Ambos expressaram a vontade de tornar a geografia econômica um instrumento essencial para acompanhar essa contraofensiva materialista em nossa área do conhecimento.

 

 





El software de antivirus Avast ha analizado este correo electrónico en busca de virus.
www.avast.com