Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 13208 al 13227 
AsuntoAutor
967/11 - Pasajeros Noticias
968/11 - ¿Dónde es Noticias
RE: Notici asdelCe Raul Edm
969/11 - VIAJANDO: Noticias
970/11 - XIII ENCU Noticias
971/11 - Argentina Noticias
RE: Notici asdelCe Hernan C
coloquio geografía Pablo Do
972/11 - Coloquio Noticias
Re: NoticiasdelCeH Monica G
973/11 - O DESCALA Noticias
974/11 - Exposição Noticias
975/11 - XIII ENCU Noticias
976/11 - Argentina Noticias
977/11 - XIII ENCU Noticias
978/11 - Pasajeros Noticias
979/11 - VIAJANDO: Noticias
=?utf-8?B?OTgwLzEx Alexande
981/11 - Fallecimi Alexande
=?utf-8?B?OTgyLzEx Alexande
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 13502     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu 974/11 - Exposição sobre ditadura militar na Univers idade Federal da Grande Dourados
Fecha:Lunes, 19 de Septiembre, 2011  11:01:06 (-0300)
Autor:Noticias del CeHu <noticias @..............org>

NCeHu 974/11
 

Exposição sobre ditadura militar na UFGD

 

Como parte integrante de evento científico realizado pela FADIR - Faculdade de Direito e Relações Internacionais - a Universidade Federal da Grande Dourados conseguiu trazer para Dourados a exposição "Direito à  verdade e à  memória: a ditadura no Brasil 1964 - 1985" da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, da Presidência da República.

A exposição terá uma solenidade de abertura às 19h de 21 de setembro (quarta-feira) e estará à disposição do público até 21 de outubro. Equipes formadas com alunos de Direito e outros cursos vão colaborar na mediação, fornecendo informações aos participantes e orientando as visitas das escolas.  

Segundo o site do projeto “Direito à  verdade e à memória”, a exposição traz uma ambientação visual que conduz o público em uma espécie de “viagem no tempo”. Traz de volta a lembrança aos que viveram os fatos retratados e traduz aos jovens um pouco do clima vivenciado nesse período tão importante na história social e política brasileira. Recupera, de maneira exclusiva, desde os primeiros momentos do Golpe de Estado que mergulhou o país numa ditadura de 21 anos, até os grandes comícios populares das “Diretas Já”.

Imagens marcantes dos tanques militares na frente do Congresso Nacional, as passeatas estudantis, a resistência dos diversos grupos da sociedade civil, a censura de documentos, a violência, prisões e torturas estão expostas em grandes painéis que colocam o espectador dentro dos acontecimentos. Junto, todos os fatos ocorridos nessa época são recuperados em um texto em ordem cronológica.

Além da exposição, projeto Direito à Memória e à Verdade tem o Livro-relatório da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (disponível para download), Memoriais “Pessoas Imprescindíveis” e a exposição “Apolônio de Carvalho – Vale a pena sonhar”.

O mencionado evento possibilitará a construção de um espaço de discussão e aprofundamento acadêmico e científico de temas das diferentes áreas do conhecimento afins do Direito, tendo em vista a efetivação de direitos e a promoção da cidadania.

A exposição ocorrerá na Unidade I, prédio da Reitoria, portanto, no espaço contíguo aquele ocupado pelos participantes do XIII Encuentro Internacional Humboldt. Desse modo, trata-se de uma rara oportunidade para visitar a exposição e “viajar no tempo histórico.”  (Fonte: www.ufgd.edu.br)