Inicio > Mis eListas > humboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 11881 al 11900 
AsuntoAutor
403/10 - GEÓGRAFOS Noticias
=?utf-8?B?UmU6IE5v Jeronimo
Re: NoticiasdelCeH diego ga
Re: NoticiasdelCeH Miguel B
=?utf-8?B?UmU6IE5v Pablo Bi
Re: NoticiasdelCeH abarsky
Re: NoticiasdelCeH Andrea T
Re: NoticiasdelCeH Alejandr
Re: NoticiasdelCeH Marìa Ro
404/10 - Palestiin Noticias
Re: NoticiasdelCeH pedro ma
Re: NoticiasdelCeH Alejandr
407/10 - Horas frí Noticias
405/10 - Nicaragua Noticias
406/10 - Portugal Noticias
408/10 - GEÓGRAFOS Noticias
Re: NoticiasdelCeH Pablo Si
409/10 - La guerra Noticias
410/10 - Eleições, Noticias
RE: Notici asdelCe felipe r
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
Noticias del Cehu
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 12155     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:NoticiasdelCeHu 410/10 - Eleições, alienação e a importa ção de um modelo de gestão (Milton Saito)
Fecha:Sabado, 9 de Octubre, 2010  12:40:52 (-0300)
Autor:Noticias del CeHu <noticias @..............org>

NCeHu 410/10
Fuente: Lista Geografía/Brasil
 
Eleições, alienação e a importação de um modelo de gestão
 
Milton Saito


Com o tempo escasso devido ao intenso trabalho nas fábricas, muitos brasileiros no Japão engolem o reducionismo midiático quando o assunto são eleições no Brasil.
As fontes de informações, sempre parciais, conseguem vender "gato por lebre" no país onde o consumo e a mercadoria são sagrados.
Alguns dos patrícios pensam que o Brasil deve copiar este modelo de desenvolvimento, hoje em franca decadência. Nunca é demais lembrar que, em ciências sociais, aplicar um modelo de social de um país em outro com realidade social adversa, é mera conversa de boteco. Esquece-se as diferenças históricas e culturais. Cidadania para quem reside fora do Brasil talvez seja a mercadoria mais cara para a consciência sem preço.

Aborto aqui é legal e liberado

Muitos dos brasileiros que residem por aqui, esquecem-se na hora de opinar que o aborto no Japão é legal e liberado. Se servir para o Japão, serve para o Brasil?
É claro que essa discussão tem como propósito empobrecer o pleito eleitoral, já que Serra não tem mais nada pra dizer neste segundo turno. Restam às falcatruas de parte da mídia, o exercício de cabo eleitoral de um candidato que chega ao segundo turno graças ao bom desempenho da candidata Marina. Eu disse Marina, porque o Partido Verde, ainda está muito verde para apregoar a luta de classes.

Aqui é bom? "Vem pra Caixa você também! ''

Dentre os brasileiros residentes por aqui é comum ouvirmos a expressão: o Japão é bom, temos poder aquisitivo, segurança, etc. Só que após passar de 10 a 20 anos por aqui, estes mesmos sujeitos sociais pensam que o Brasil parou no tempo e acreditam que o país está em plena guerra civil comandada por grupos armados e os governos municipais, estaduais e o próprio Estado inertes a tudo.
Falsa ilusão. Reflito da seguinte forma. Pergunte aos descendentes de japoneses que migraram para o Brasil e hoje possuem comércio, indústria, filhos educados, formados, se eles querem trocar o Brasil pelo Japão? Ora, se aqui é tão bom assim, "vem pra caixa você também''!

As escolas brasileiras no Japão e a Universidade japonesa

Muitas escolas passam na atualidade por dificuldades até para contratar professores dentro de suas respectivas áreas de atuação. Assim, como em alguns lugares do Brasil, professores são obrigados a improvisar conteúdos de disciplinas que jamais foram formados para ministrar aos alunos.
Outras enfrentam dificuldade para pagar os docentes devido ao calote dos pais em relação aos estudos dos filhos. Inadimplência comum também na esfera das escolas particulares do Brasil. Aliás, muitas delas só sobrevivem devido ao Prouni – Programa Universidade para Todos.
E o governo não distribui renda por meio de políticas públicas eficientes. E sim dá esmolas, pensa alguns que ainda consideram o Japão um país modelo na formação educacional dos filhos. Aliás, cursos superiores por aqui, como no Brasil, têm vagas limitadas e parte é suprida apenas por faculdades particulares. Com uma diferença, sem ProUni. Aqui consegue-se empréstimo, mas paga-se por ele.

Meu carro é vermelho, só uso espelho pra me pentear

Outro objeto de consumo de parte dos brasileiros no país são os carros. De carro e futebol, parece que aqui, como no Brasil, todos entendem.
Mas, aqui também ouve-se: política, mulher e religião não se discute. E não mesmo! A submissão da mulher japonesa só irá alcançar êxito quando parte da nova geração assumir as instituições mais conservadoras do país.
Em matéria de política, a não obrigatoriedade do voto transforma os japoneses também em não envolvidos com os pleitos eleitorais. Quanto à religião, são em grande parte budistas e não cristãos. Portanto, o pecado aqui simplesmente inexiste. E os dez mandamentos... deixa pra lá.

Do país onde "Japona" pode significar uma japonesa grande ou uma grande blusa para te abrigar do frio.






Crea tu propia Red Social de Noticias
O participa en las muchas ya creadas. ¡Es lo último, es útil y divertido! ¿A qué esperas?
es.corank.com