Inicio > Mis eListas > encuentrohumboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 3401 al 3420 
AsuntoAutor
37/13 - O Valor da Encuentr
38/13 - POPULAÇÕES Encuentr
39/13 - Região, Im Encuentr
40/13 - A Construç Encuentr
41/13 - A ORGANIZA Encuentr
42/13 - O alimento Encuentr
43/13 - XV ENCUENT Encuentr
44/13 - Estrada de Encuentr
45/13 - Território Encuentr
46/13 - Geografías Encuentr
47/13 - ESPAÇO PÚB Encuentr
48/13 - Que nature Encuentr
49/13 - El surgimi Encuentr
50/13 - Ações Antr Encuentr
51/13 - 2da. CIRCU Encuentr
52/13 - Mapa Sede Encuentr
53/13 - Sede del E Encuentr
54/13 - A Geografi Encuentr
55/13 - Viaje post Encuentr
56/13 - Crisis, vi Encuentr
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
ENCUENTRO HUMBOLDT
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 3475     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:[encuentrohumboldt] 38/13 - POPULAÇÕES TRADICIONAIS E USO COMUM NO BRASIL
Fecha:Martes, 30 de Julio, 2013  13:11:52 (-0300)
Autor:Encuentro Humboldt <encuentro @..............org>

POPULAÇÕES TRADICIONAIS E USO COMUM NO BRASIL

Verso e Reverso da Influência da Legislação

 

Prof. Dr. Nazareno José de Campos

Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

 

Resumo

Desde o período colonial, a formação e dinâmica sócio-espacial brasileira tem denotado a existência de inúmeras populações que se constituíram e passaram a ter experiências e características próprias, diferenciando-se das demais. Estiveram, desde sua origem, e em sua dinâmica espacial e temporal, ligadas a formas especificas de uso da terra e da natureza, com o domínio jurídico da posse conjugado a formas diversas de compascuo e de uso comum, alem de formas de relacionamentos derivadas do compadrio, entreajuda e solidariedade. Do mesmo modo, estiveram, desde o inicio, atreladas a determinações de caráter jurídico advindas da Coroa, nos tempos da Colônia e do Império, ou da União, estados e municípios, a exemplo dos Códigos de Posturas, dos Relatórios dos Presidentes de províncias ou governadores de estados, entre outros, na República. Somem-se a tudo isso as diversas formas jurídicas de caráter costumeiro evidenciado pelo direito consuetudinário. Isto indica que, no que se refere àquelas populações hoje designadas por “tradicionais”, sempre houve, juridicamente, determinações que regulam ou definem sua própria existência, bem como a ocorrência de diferentes formas de uso comum da terra e natureza em geral. Assim, tencionamos analisar as legislações pertinentes, do passado e presente, que retratam a existência e toda a dinâmica sócio-espacial das chamadas populações tradicionais, como também das diferentes formas de uso comum da terra e natureza, observando-se, até que ponto, as leis lhes tem favorecido, ou, prejudicado. Ressalte-se que, embora dominantemente haja uma relação direta entre população tradicional e uso comum, este, também está presente entre outras populações que não sejam obrigatoriamente consideradas como tradicionais, inclusive no espaço urbano.

 


 Esta ponencia será expuesta en el XV Encuentro Internacional Humboldt a desarrollarse entre los días 09 y 13 de setiembre próximos en la Ciudad de México, México.