Inicio > Mis eListas > encuentrohumboldt > Mensajes

 Índice de Mensajes 
 Mensajes 3381 al 3400 
AsuntoAutor
17/13 - A educação Encuentr
18/13 - EL ORDENAM Encuentr
19/13 - Análisis d Encuentr
20/13 - A Geografi Encuentr
21/13 - Regras e e Encuentr
22/13 - ¿Existen v Encuentr
23/13 - O processo Encuentr
24/13 - ESTADO E C Encuentr
25/13 - A FUNCIONA Encuentr
26/13 - La cohesió Encuentr
27/13 - Requalific Encuentr
28/13 - CRISE GERA Encuentr
29/13 - A Geografi Encuentr
30/13 - Negras geo Encuentr
31/13 - A MOBILIDA Encuentr
32/13 - A sujeição Encuentr
33/13 - LA RELACIÓ Encuentr
34/13 - AS FERROVI Encuentr
35/13 - Infraestru Encuentr
36/13 - A influênc Encuentr
 << 20 ant. | 20 sig. >>
 
ENCUENTRO HUMBOLDT
Página principal    Mensajes | Enviar Mensaje | Ficheros | Datos | Encuestas | Eventos | Mis Preferencias

Mostrando mensaje 3479     < Anterior | Siguiente >
Responder a este mensaje
Asunto:[encuentrohumboldt] 42/13 - O alimento como pratrimônio (I)material e FATOR de organização social
Fecha:Martes, 30 de Julio, 2013  17:22:56 (-0300)
Autor:Encuentro Humboldt <encuentro @..............org>

o alimento como pratrimônio (I)material e FATOR de organização social

 

Doutorando João Batista Villas Boas Simoncini

Universidade Federal de Santa Maria

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

Dr. Cesar De David

Universidade Federal de Santa Maria

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

 

Este artigo tem como premissa compreender o alimento tanto em sua dimensão (i)material e como um dos fatores de organização social. Pretende-se, ainda, sinalizar as novas formas de produção alimentar de base agroecológica.

Busca-se o entendimento do que é realmente alimento para a sociedade, bem como as suas contribuições econômicas, sociais e culturais. Para tanto, nesta análise e compreensão há espaço para interlocuções com a antropologia, sociologia, geografia, história, agroecologia, economia, gastronomia e diversas áreas do conhecimento.

É importante salientar o significado dos alimentos, não somente na perspectiva material (econômica), mas também na perspectiva social, cultural e nutricional, tornando-se necessário, abordar seu valor qualitativo e simbólico, vinculado ao conceito de cultura.

Ao entender o conceito de cultura pode-se afirmar que a agricultura (produção, beneficiamento e consumo alimentar) vai muito além do sentido empregado na atualidade, restrito ao econômico (agronegócio). A agricultura pode e deve ser tratada sob outros aspectos, entre os quais merecem destaque o simbólico/cultural, o ambiental (modos de produção alternativos), o social, a saúde humana (segurança alimentar) e a sustentabilidade do planeta.

Os alimentos contribuem para a reflexão em torno do ainda negligenciado conceito de agricultura e das três obrigações do circuito da Dádiva (dar, receber e retribuir), gerando confiabilidade e solidariedade. Na atual realidade do campo brasileiro o que se tem visto é o oposto, a própria mudança de nomes de agricultura para agronegócio, indica onde está a raiz do problema. Entretanto, percebe-se ganhos com a inserção da agricultura alternativa. Estes ganhos podem ser socioeconômicos (qualidade dos alimentos: ganho nutricional) como ambientais (melhoria e recuperação do solo, dos recursos hídricos, da fauna e flora e principalmente da distribuição de renda).

A produção artesanal do queijo Canastra em Minas Gerais serve de exemplo para materializar a discussão do alimento em sua dimensão (i)material e como um dos elementos de organização social, pois desenvolve-se na perspectiva da valorização dos saberes tradicionais, da natureza e das relações familiares e comunitárias.

 


Esta ponencia será expuesta en el XV Encuentro Internacional Humboldt a desarrollarse entre los días 09 y 13 de setiembre próximos en la Ciudad de México, México.


 





DeepSkyColors en Facebook!
Imagenes de nuestro planeta y del Universo desde los ojos de un fotógrafo español Visita la página en Facebook y dale a ME GUSTA!